9 de jun. de 2020

A JUSTIÇA É CEGA E O SECRETÁRIO NACIONAL DE JUSTIÇA TAMBÉM

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deu posse hoje, 08/06/2020 ao novo Secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Claudio de Castro Panoeiro, que é Advogado da União e doutor em Direito, em cerimônia realizada no Palácio do Planalto nesta segunda-feira (08).
O doutor Claudio de Castro Panoeiro é o primeiro cego a assumir o cargo o que para todas as pessoas com deficiência se torna um marco na conquista de espaços.
“O nosso governo se sente muito honrado pelo seu passado, pela sua experiência e por aquilo que possa contribuir com o nosso Brasil. A Justiça ficará maior ainda com a sua presença. Nós todos nos orgulhamos nesse momento e temos certeza de que o senhor engrandecerá muito nosso trabalho. Acreditamos no seu potencial e louvamos por isso”, declarou o presidente. 
O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, destacou os resultados de um grupo de defesa do patrimônio e de combate à corrupção, coordenado por Panoeiro na Advocacia Geral da União. “Sua memória e inteligência chamaram atenção de todos na instituição. Foi o primeiro advogado cego a fazer sustentação oral num tribunal superior. Venceu todas as dificuldades e obstáculos para se tornar doutor numa universidade de 800 anos de história. Se tornou exemplo de superação, de caráter, de ser humano. Que orgulho para o país”, frisou o ministro.
Por sua vez, Panoeiro assinalou que o sucesso de qualquer pessoa, deficiente ou não, depende fundamentalmente de dois elementos: vontade de chegar algum alugar e que tenha oportunidade de alcançar seus objetivos. “É uma grande alegria cumprir esta etapa profissional na minha vida. O governo brasileiro está me concedendo mais uma dessas oportunidades. Eu estou aqui por vontade própria; portanto, quero realizar esse trabalho, mais uma vez em nome do binômio oportunidade e vontade. O presente quem tem que executar sou eu, e espero estar à altura dessa tarefa que me está sendo confiada”.
A primeira-dama Michelle Bolsonaro destacou a que o governo tem um olhar especial para as pessoas com deficiência, alinhado à construção de um país mais justo e inclusivo para todos. “É preciso superar preconceitos arraigados na sociedade. Infelizmente, deficiência é associada a limitação. De posse de tecnologias, Claudio usufruiu de oportunidades e alcançou vitorias inimagináveis”.
Na cerimonia de posse ficou evidente a história de superação que o novo Secretário Nacional viveu superando os obstáculos para chegar onde chegou, talvez fosse dada muita enfase ao fato do Doutor Panoeiro ser cego mas, esse momento é único e precisa ficar bem registrado na história do Brasil, pois assim, fica comprovado que as pessoas com deficiência são capazes de ocuparem cargos importantes entregando resultados a altura do esperado.

5 de jun. de 2020

Senadora Mara Gabrilli testa positivo para Covid-19

A Senadora Mara Gabrilli, divulgou uma nota à imprensa informando que tinha atestado positivo para Covid-19, segundo ela contraiu o vírus de uma de suas cuidadoras que infelizmente perdeu um parente próximo para a doença.



Leia a nota divulgada pela assessoria da Senadora:

Nota à imprensa

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) realizou um exame na segunda-feira (18) e nesta terça-feira (19) atestou positivo para a Covid-19.

Desde o início da pandemia, a senadora está reclusa em seu apartamento, em São Paulo, de onde participa das sessões remotas realizadas pelo Senado Federal. Ao que tudo indica, a parlamentar contraiu o vírus de uma de suas cuidadoras, que também está com Covid-19 e cuja mãe, lamentavelmente, faleceu na última semana devido à doença.

Mara Gabrilli, no entanto, encontra-se bem, sem sintomas severos, mas com perda de olfato e paladar. Seguindo orientações médicas, a senadora seguirá em isolamento domiciliar e se afastará das atividades pelos próximos 14 dias.

A senadora reforça sua preocupação diante da ausência de um plano emergencial para as milhares de pessoas com deficiência, pessoas com doenças raras e pessoas idosas que necessitam de um cuidador, o que lhes impedem de adotar em 100% o distanciamento e o isolamento social. Por isso, pede atenção ao pacote de medidas para proteção de pessoas com deficiência durante a pandemia, que apresentou no Senado Federal.

Assessoria de Imprensa da Senadora Mara Gabrilli

-----------------------------------------------




Postagens mais visitadas