30 de jan de 2013

Série: O que é impossível pra você ?


FOTO: Cadeirante no ar de cabeça para baixo no meio de um saldo em uma mega rampa e uma outra rampa a sua frente para o pouso.

O que é impossível pra você ?
www.facebook/pessoacomdeficiencia

29 de jan de 2013

MAIS UMA MATÉRIA QUE PARTICIPEI SOBRE ACESSIBILIDADE

Cidade é obstáculo a cadeirante
 Pensar cadeirante. Para Wanderley Marques de Assis (à esquerda e ao centro), é preciso pensar como um cadeirante para tornar a cidade acessível a pessoas com deficiência. Segundo ele, vagas especiais às vezes não têm calçadas com acesso para cadeiras; à esqueda, o vereador Willis Goulart, que já solicitou adequações ao banheiro da Câmara, elevador e uma rampa elevada para a tribuna
wendell marques wendell marques warley leite
Com um vereador cadeirante, até mesmo a Câmara de São José terá que fazer obras em banheiro e rampa para a tribuna

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
Bastam alguns momentos ao lado de uma pessoa com deficiência para perceber a dificuldade enfrentada por ela no dia-a-dia. 
Pouquíssimas vagas para estacionar o carro --quando o local não está ocupado por quem não deveria--, calçadas em péssimas condições e espaços com acessibilidade precária ou inexistente.
A situação não é novidade para o presidente do CeapCD (Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência), Wanderley Marques de Assis, 41 anos. 
Morador de São José, ele teve paralisia infantil com seis meses de vida e não chegou a andar. Seu veículo de locomoção é uma cadeira de rodas, além de um automóvel adaptado que utiliza para ir trabalhar em São Paulo. 
Parque 
. Antes de começar a conversa, ele já avisa: "o correto é pessoa com deficiência, e não deficiente". O VALE 
pegou carona no carro de Assis e circulou pelas ruas da cidade para testar a acessibilidade de alguns locais públicos em várias regiões. 
No Parque da Cidade, em Santana, zona norte, existem quatro vagas de estacionamento exclusivas para pessoas com deficiência. O problema é que a calçada ao lado não é rebaixada, obrigando o cadeirante a seguir pelo meio do trânsito para chegar à faixa de pedestres e, assim, atravessar o canteiro central. 
"Existe boa vontade, mas é preciso projetar o acesso como um todo, tem de pensar como um cadeirante para fazer direito", disse Assis.
Prédios 
. Construções antigas que hoje abrigam órgãos públicos municipais tratam de maneira diferente os cadeirantes. 
Construído em 1926, o prédio do Espaço Mário Covas, no centro, tem oito degraus na escadaria que dá acesso à porta principal, sendo impossível Assis entrar com sua cadeira. 
O prédio foi tombado como patrimônio histórico em 1994. Mas para o presidente do Ceap-DC, isso não impede uma adaptação. "Existem maneiras de garantir a acessibilidade sem alterar a arquitetura, com elevadores ou pistas elevadas anexas", afirmou.
Diferente do Espaço Mário Covas, o prédio da Biblioteca Municipal Cassiano Ricardo, também no centro e construído em 1910, dispõe de uma entrada exclusiva para pessoas com deficiência, ao lado do estacionamento. 
Academia. 
Na academia ao ar livre da avenida Cidade Jardim, na zona sul, que tem 15 aparelhos de exercícios exclusivos para pessoas com deficiência, Wanderley Assis aponta um erro grave de planejamento: não há acesso ao local.
A calçada em frente ao espaço não tem rebaixamento, o que dificulta um cadeirante de utilizar a academia sozinho. "É tudo muito bonito, só esqueceram de que gente precisa chegar lá antes de usar", disse.
Outro lado. 
Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura de São José informou que o assessor de Políticas para Pessoas com Deficiência ainda não foi definido e que, por isso, não comentaria o assunto.
Câmara. 
Segundo vereador cadeirante na história de São José, Willis Goulart (PP), 44 anos, chegou à Câmara prometendo mudanças. Pelo menos uma ele já conseguiu: uma rampa de acesso à Mesa Diretora, construída para a posse em 1º de janeiro.
O vereador também já solicitou modificações no banheiro adaptado do térreo, mais um elevador e uma rampa elevada para a tribuna. "Faço isso não por mim, mas para que a Câmara fique acessível para outras pessoas com deficiência."
A presidente da Casa, Amélia Naomi (PT), informou que irá fazer as adaptações. 

25 de jan de 2013

PT E PSDB SE UNEM EM PROL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

É impressionante o poder que o seguimento das pessoas com deficiência tem, eu tenho participado de vários eventos oficiais e percebido que estão sentando na mesma mesa em defesa do segmento pessoas e instituições que só fazem isso em ocasiões muito mas muito necessárias mesmo, hoje (25/01/2012) participei de um super evento que na minha opinião é um marco politico de avanço do movimento das pessoas com deficiência no Brasil que vai refletir no resto do mundo, vejam algumas fotos da minha amiga Nailde e depois uma matéria sobre o evento:

FOTO - Marco Pellegrine, Secretario Adjunto da Secretaria de Estado dos Direitos das Pessoas com Deficiência de São Paulo, Nailde e Wanderley Marques de Assis, Presidente do Conselho Estadual para Assuntos das Pessoas com Deficiência de São Paulo.

FOTO - Wanderley Marques de Assis, Presidente do Conselho Estadual para Assuntos das Pessoas com Deficiência de São Paulo.

FOTO - Marco Pellegrine, Secretario Adjunto da Secretaria de Estado dos Direitos das Pessoas com Deficiência de São Paulo, Nailde e Wanderley Marques de Assis, Presidente do Conselho Estadual para Assuntos das Pessoas com Deficiência de São Paulo.




25/1/2013 às 16h01 (Atualizado em 25/1/2013 às 16h10)

Dilma e Alckmin anunciam parceria para construir Centro Paraolímpico em São Paulo

Obra conjunta dos governos federal e estadual custará R$ 440 milhões e ficará pronta em 2015
Filippo Cecilio, do R7
Daia Oliver/R7Além de Dilma e Alckmin, encontro em SP reuniu o vice-presidente da República, Michel Temer, e ministro do Esporte, Aldo Rebelo
A presidente Dilma Rousseff e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciaram a construção do Centro Paraolímpico Brasileiro no Estado. A previsão é de que o projeto custe cerca de R$ 440 milhões e seja concluído até o final de 2015.  
O espaço terá capacidade para abrigar 14 modalidades de esportes: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, natação, esgrima, futebol de cinco, futebol de sete, goalball, halterofilismo, judô, rúgbi, tênis, tênis de mesa e vôlei sentado.  
Dilma disse que a construção do centro serve para homenagear e apoiar a persistência e a força de vontade dos atletas paraolímpicos brasileiros.  
— Nossos atletas nos orgulham, e é fato que sabemos o quanto mais há que ter de esforço e dedicação por parte deles para que superem metas. É a eles que o Brasil devia esse apoio, para que eles pudessem conquistar mais vitórias e transformar tudo isso em conhecimento.  
Dos R$ 440 milhões estimados para a construção do centro, o governo do Estado de São Paulo investirá R$ 329 milhões em projetos, obras e na cessão da área onde será construído o centro. Em contrapartida, o governo federal, por meio do Ministério do Esporte, investirá R$ 110 milhões no local.  
Para o governador Geraldo Alckmin, a iniciativa reforça a importância da atuação conjunta entre as diferentes instâncias de governo.  
— É um centro de civismo, de respeito, de treinamento, de avanço da ciência e tecnologia. E um exemplo de boa parceria entre os entes federados. Nossas parcerias todas estão caminhando bem.  
A aproximação com projetos do governo federal faz parte da estratégia de Alckmin para tentar se reeleger governador em 2014. A ideia é mostrar que o governo estadual, em sua gestão, superou diferenças partidárias e contribuiu de forma significativa em iniciativas exitosas.  
Dilma também elogiou a proximidade entre os governos, colocando o governo paulista na condição de protagonista do projeto. Durante seu discurso, a presidente não poupou elogios a Alckmin.  
A construção do centro faz parte do Plano Brasil Medalhas, que alavancar o País à condição de potência esportiva a partir dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paraolímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.  
Na Olimpíada de Londres, realizada no ano passado, o Brasil ficou na vigésima segunda posição geral, com um total de 17 medalhas. Já nas Paraolimpíadas, também disputadas na capital inglesa, o País teve um desempenho melhor. Nelas, a delegação brasileira conseguiu 43 medalhas, terminando os jogos na sétima posição. Foi a melhor classificação já obtida pelo Brasil na história da competição.  
A área de 94 mil m² servirá para treinamentos, competições e intercâmbio de atletas e seleções. Haverá espaço ainda para preparação física, cursos para técnicos, árbitros, gestores e outros profissionais; e desenvolvimento das ciências do esporte.  
Sua estrutura contará com quatro ginásios, dois campos de futebol, quadras de tênis, pista de atletismo, centro de medicina e ciências do esporte, academia, alojamentos, refeitório, vestiários, auditórios, entre outros.

21 de jan de 2013

ESPORTE PARAOLÍMPICO, COMO FICA ?


Hoje de manhã (21 de janeiro de 2013) estive no Centro da Juventude em São José dos Campos em um evento onde o Ministro dos Esportes Aldo Rebelo anunciou que o Governo Federal fará investimentos na cidade para que os atletas tenham mais condições de treinarem e competirem representando o Brasil em eventos internacionais; Sobre o  esporte Paraolímpico não se falou muita coisa mas, como o Prefeito Carlinhos Almeida é uma pessoa que ao longo dos seus mandatos como vereador, deputado estadual e federal tem apoiado as iniciativas do segmento eu acredito que muitas coisas boas virão para nossos atletas paraolímpicos.
Em São José dos Campos já temos algumas modalidades paraolímpicas em atividade ligadas diretamente a prefeitura e outras sendo desenvolvidas por grupos, entidades e pessoas que fazem esporte por acreditarem nos benefícios que a pratica traz, São José poderia criar uma grande rede atletas paralímpicos agregando todas estas ações isoladas transformando-as  em um único projeto municipal de incentivo ao esporte paraolímpico.

3 de jan de 2013

ELEIÇÃO DE VEREADOR CADEIRANTE PROVOCA MUDANÇA NA CÂMARA

Fiz questão de cumprimentar o Vereador Willis Goulart na posse do seu primeiro mandato e gostaria que com este gesto todos os candidatos com deficiência eleitos sintam-se cumprimentados e boa sorte a todos.

Veja estas postagens.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...