31 de jul de 2011

BOA DICA - BLOG Deficiencia Visual SP

ESTE BLOG TEM UM POST COM UMA LISTA DE FILMES RELACIONADOS A PESSOAS COM DEFICIÊNCIA ONDE COLOCOU UM LINK PARA O MEU SITE www.pessoacomdeficiencia.com QUE TEM ME MANDADO VÁRIAS VISITAS POR MÊS >>>> OBRIGADO <<<

 CLIQUE NA IMAGEM OU AQUI PARA ACESSAR O BLOG

Série: Videogame auxilia medicina.

Esta matéria esta mais completa muito legal.

Obras malfeitas barram alunos deficientes em escolas públicas; veja

27 de jul de 2011

Entidades recebem dinheiro do Fundo social de São José dos Campos


Baile da Cidade reúne 1.200 pessoas no Luso Brasileiro

O Baile de Aniversário da Cidade reuniu 1.200 pessoas no sábado (23). O evento, realizado pelo Fundo Social de Solidariedade, foi no salão nobre do Clube de Campo Luso Brasileiro e teve como atração principal o show com o cantor Lulu Santos, que animou os convidados durante uma hora e meia. O baile teve o patrocínio de 27 empresas e apoio da Associação Comercial e Industrial e Ciesp.

Além do show de Lulu Santos, outro momento importante do baile foi a entrega dos cheques simbólicos para as seis entidades sociais de São José dos Campos que receberão R$ 30 mil cada uma, provenientes da venda dos convites.

O sorteio das entidades sociais, que serão beneficiadas com a renda do baile, ocorreu no dia 8 de julho e são elas: AME e a Associação Toque de Bola, no segmento criança/adolescente; Casa de Oração Missionários da Luz e Obra Social e Assistencial São Lucas, no segmento idoso; e Associação para Síndrome de Down (ASIN) e Associação de Apoio ao Deficiente Auditivo (AADA), no segmento Pessoa com Deficiência.

22 de jul de 2011

Frase de um Pensador

Pega, Pega, Pega ladrão, a miséria só existe porque tem corrupção.
" Gabriel o Pensador "

20 de jul de 2011

ENTIDADE DE TAUBATÉ/SP PROMOVE "PRIMEIRO JANTAR AS ESCURAS"

Convite
Em comemoração aos 10 anos de fundação, iremos realizar no dia 22/07/2011. O "1º jantar as escuras", que pretende promover nas pessoas, a oportunidade de vivenciar como se alimentar na escuridão, ou seja, durante o jantar por alguns minutos as pessoas serão vendadas e TENTARÃO se alimentar. Esta experiência em muito contribuirá para que cada vez mais as pessoas com deficiência visual sejam vistas como cidadãos comuns que apenas não enxergam. O evento também buscará a integração e solidariedade entre todos.

  • Dia: 22/07/2011, sexta-feira.
  • Local: Sindicato Nacional dos Aposentados.
  • Endereço: Rua Dr. Anísio Ortiz Monteiro, Nº318 - Centro - Taubaté-SP (Próximo a Telefônica)
  • Hora: 19hrs
  • Convite: R$6,00 (Self Service, com bebidas e sobremesas a parte)

Prestigie e participe, pois: "O essencial é invisível para os olhos".

Associação dos Deficientes Visuais de Taubaté e Vale do Paraíba
ADV Vale
(12) 3629 6490
(12) 3621 6195
www.adv-vale.org.br 
advvaletaaubate@yahoo.com.br
Missão ADV Vale:
"Inclusão da pessoa com deficiência visual em todos os setores da sociedade".
"2011 - Aniversário 10 anos - Uma Década de Conquistas"..

18 de jul de 2011

Veja as empresas que estão oferecendo vagas de emprego para pessoas com deficiência em nosso site:

NET Serviços de Telecomunicações
1 vaga

Net Serviços de Comunicação - SOROCABA
Número de vagas: 2

Luandre
Número de vagas: 5

NETSERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO SA
Número de vagas: 2

NETSERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO SA
Número de vagas: 2

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A
Número de vagas: 10

  Ci&T Software
Número de vagas: 10

Crismi Assessoria em Recursos Humanos
Número de vagas: 6

  RH Internacional
Número de vagas: 15

Centurion Segurança e Vigilancia LTDA
Número de vagas: 2

Alicerce RH
Número de vagas: 30

 Playcenter
Número de vagas: 6

THE FIFTIES
  Número de vagas: 10

Usiminas Mecânica S/A
Número de vagas: 3

GENERALI BRASIL SEGUROS
  Número de vagas: 01

CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT
Número de vagas: 3
 
Veja todos anúncios em: www.pessoacomdeficiencia.com

CAMPANHA " USE A CABEÇA, MERGULHE DE PÉ "

Uma intensa movimentação marca na manhã deste sábado, 16, o lançamento da 3ª Edição da campanha “Use a cabeça, mergulhe de Pé!”, promovida pelo Instituto Mover no Parque Vaca Brava, em Goiânia.
O Gabinete de Gestão de Interlocução com os Movimentos Sociais esteve presente reforçando a parceria entre o órgão do Governo de Goiás e a entidade, que irá gerar novas campanhas em temas voltados a prevenção da saúde da população.
A 3ª Edição da campanha “Use a cabeça, mergulhe de Pé!” é parte do Programa de Prevenção a Lesão Medular, por Mergulho em Água Rasa. O objetivo é orientar banhistas principalmente na temporada de férias a mergulhar em rios, lagos e piscinas de forma correta e que não causem problemas de lesões permanentes na coluna.
“O mergulho em água rasa é a quarta causa de lesão medular no país, mas passa a ser a segunda durante as férias”, ressaltou Rejane Duarte, coordenadora do Instituto Mover, acrescentando que “a cada semana, cerca de dez pessoas ficam paraplégicas ou tetraplégicas ao bater a cabeça durante mergulhos”. A campanha conta com o apoio de diversos órgãos e entidades, entre eles o Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás. A campanha conta com apresentação de vídeos educativos, planfletagem e através da página www.mover.org.br/mergulho
Outra campanha encabeçada pelo Instituto Mover é referente a diminuição das mortes em decorrência do AVC e a inclusão na rede de saúde pública do medicamento RT-PA (Actilyse), que se aplicado em até 3 horas aumenta muito as chances de recuperação do paciente de AVC isquêmico. A campanha 1 Em 6 que alerta que de cada 6 pessoas no mundo 1 terá AVC na vida. O dia 29 de outubro é considerado o dia Mundial do AVC.
Histórico – O Instituto Mover é uma pessoa Jurídica de direito privado sem fims econômicos / lucrativos, constituída como associação, com autonomia administrativa, patrimonial e econômica.
Tem por finalidade, a Prevenção e Proteção da Saúde Pública, notadamente com o intuito de contribuir com a redução da morbi-mortabilidade, por acidentes ou doenças que possam levar a pessoa a morte ou a uma deficiência física.
Buscando atingir seus objetivos, realiza Campanhas Informativas sobre temas que geralmente não são objetos de políticas públicas voltadas a Prevenção.
O idealizador deste instituto, Romulo Agusto, sofreu um acidente com mergulho em água rasa, (mergulhando no Rio Claro – Interior de Goiás), a cinco anos atrás e permaneceu por alguns meses em estado de tetraplegia.
Os Médicos que o atenderam, realizaram a cirurgia reconstituindo as vértebras esmagadas em seu pescoço, consideram que a recuperação de seus movimentos após internação nos hospitais de reabilitação CRER-GO e Sarah-DF, se deve ao fato de o resgate ter sido efetuado corretamente mesmo sem recursos locais nem profissionais qualificados.
Ele Tinha lido o livro Feliz Ano Velho, de Marcelo Rubens Paiva, e feito um curso de primeiros socorros(de um mês), tendo conhecimento do acidente que acometeu o autor a tetraplegia, assim conhecendo um pouco sobre a lesão medular que sofreu, conseguiu ditar as regras do seu próprio resgate, mesmo estando a 200km de Goiânia, sem estrutura e recursos.
Quando bateu a cabeça em um banco de areia e flutuou na água sem sentir os movimentos de pernas e um braço, perdeu também um pouco do tom de voz, então não conseguia gritar para pedir socorro, seus amigos e familiares que se divertiam com as crianças há alguns metros pensaram que era brincadeira um homem de quase dois metros de altura, que sabe nadar, permanecer flutuando em um local relativamente raso.
Para que o fim desta história não fosse trágico, ele chamou as pessoas, que ainda quase agravaram a situação querendo pular sobre ele (achando que era uma brincadeira), e pediu para que encontrasem uma tábua para retira-lo daquele lugar isolado sem mover sua coluna e pescoço.
Assim fizeram, improvisaram uma tábua, cordas e bonés para imobilizá-lo, o colocaram no barco e seguiram em busca de um socorro especializado. Como no local não tinha equipes qualificadas de resgate, conseguiram uma ambulância na pequena cidade local, e pediram para que o motorista seguise a Goiânia, evitando por passar por buracos e frenagens bruscas.
Ao chegar no hospital, lembrou as pessoas que necessitavam de um colar cervical para ser removido da ambulância, e foi direcionado aos exames e processo cirúrgico que reconstituiria suas vértebras.
A fundação deste instituto teve como principal objetivo, levar informações a toda sociedade sobre os riscos de lesão medular, presentes em um simples mergulho, assim como alertar a população sobre outros riscos que podem ser evitados com conhecimentos de prevenção.
Fonte: Instituto Mover

EU VI NO: SER LESADO

15 de jul de 2011

Óculos biônicos podem ajudar pessoas com deficiência visual.

Tecnologias encontradas em smartphones e consoles de jogos estão sendo utilizadas para uma finalidade nobre: fazer com que pessoas que perderam parcialmente a visão enxerguem melhor. Tudo isso para criar um óculos biônico, desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Oxford. Com ele, pessoas com deficiência visual não dependerão de cães guias.
Os óculos hi-tech contêm detectores de posições, possibilitam reconhecimento facial e tem um software de rastreamento que permite ao usuário distinguir os objetos na frente dele. Os óculos não servem para qualquer tipo de cegueira, apenas em casos comuns que não acabam com a visão em sua totalidade, como problemas visuais relacionados à degeneração macular – que vem com a idade – e a retinopatia diabética.
Esses problemas de visão permitem que a pessoa reconheça a própria mão se movendo em sua frente, mas não identificam os dedos com precisão. Com os óculos, pessoas com deficiência visual podem se tornar mais independentes, identificando o ambiente por elas mesmas.
Os óculos funcionam através do uso de câmeras de vídeos nas laterais que capturam as imagens para os lados em que estão sendo direcionadas, enquanto um display LED embutido nas lentes dá informações sobre os objetos, pessoas ou qualquer obstáculo que esteja à vista.
O display emite diferentes luzes dependendo dos tipos de informações coletadas. Por exemplo, diferentes cores distinguem pessoas de objetos. O ajuste de brilho pode facilitar a identificação dos objetos.
Os óculos devem ser discretos, para integrar o deficiente bem na sociedade, e apresentar uma imagem simplificada para as pessoas com baixa visão. Embora eles ainda estejam em fase de desenvolvimento, estima-se que serão vendidos por pouco mais de mil reais, enquanto um cão guia custa entre 55 e 66 mil reais.[Telegraph]

14 de jul de 2011

PRÓ VISÃO FAZ 29 ANOS E LANÇA CAMPANHA COM EX-BBB

Uma das maiores etidades de São José dos Campos completou esta semana 29 anos e a festa contou com a participação da Fernanda Helena Cardoso (BBB10) entre outras pessoas.


Foto - Fernanda Helena Cardoso (BBB10) e professora Maria Gorete Cortez de Assis na frente do Centro de reabilitação.

13 de jul de 2011

Petrobras abre 587 vagas com salários de até R$ 6.217,19

Noticias - 13/07/11 - 09h39 - Atualizado em 13/07/11 - 10h16

Desde ontem,  12 de julho, profissionais de nível Médio e Superior podem inscrever-se no processo seletivo público disponibilizado pela Petrobras, com execução da Fundação Cesgranrio, para o preenchimento de 587 vagas.

As oportunidades oferecem além da remuneração, que pode variar de R$ 1.801,37 à R$ 6.217,19, auxílio creche ou auxílio-acompanhante (somente para empregada); auxílio ensino (pré-escolar, Ensinos Fundamental e Médio) para filhos; complementação educacional (somente para os cargos de nível Médio); assistência multidisciplinar de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar) e benefício farmácia; plano de Previdência Complementar; Programa de Assistência Especial (PAE) - destinado a pessoas com deficiência, filhos de empregados; participação nos lucros e/ou resultados; incentivo ao Ensino Superior para filhos de empregados que realizem cursos relacionados com a indústria de petróleo e gás.
Os interessados deverão efetuar cadastro até o dia 31 de julho, às 23h59min (horário de Brasília - DF), na página www.cesgranrio.org.br e em seguida realizar o pagamento da taxa, no valor de R$ 30,00 (Médio) e R$ 45,00 (Superior). Para os candidatos que não dispuserem de acesso à internet, a organizadora disponibilizará computadores em locais de inscrição credenciados entre 12 e 29 de julho, das 9h às 16h (endereços no edital). Caso queira solicitar isenção, deverá fazê-lo entre os dias 12 e 14 de julho.
As avaliações serão compostas de provas objetivas (para todos os cargos), prova discursiva (exclusivamente para o cargo de Advogado Júnior), e de exame de capacitação física somente para o cargo de Inspetor(a) de Segurança Interna Júnior e aplicadas em 28 de agosto de 2011.
Locais de prova
As provas objetivas serão realizadas nas cidades de Aracaju (SE), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Mauá (SP), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), São José dos Campos (SP), São Luís (MA), São Mateus do Sul (PR), São Paulo (SP), Três Lagoas (MS) e Vitória (ES). Já o exame de capacitação física será realizado nas cidades de Salvador (BA) e Santos (SP).
Vagas
  • Superior - Advogado Júnior; Arquiteto Júnior; Assistente Social Júnior; Dentista Júnior; Estatístico Júnior; Nutricionista Júnior; Analista Ambiental Júnior - Biologia; Analista Ambiental Júnior - Oceanografia; Analista de Sistemas Júnior - Engenharia de Software; Analista de Sistemas Júnior - Infraestrutura; Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócio; Contador Júnior; Engenheiro de Equipamentos Júnior - Elétrica; Engenheiro de Equipamentos Júnior - Eletrônica; Engenheiro de Geodésica Júnior; Engenheiro de Petróleo Júnior; Engenheiro de Produção Júnior; Engenheiro Naval Júnior; Geofísico Júnior - Geologia; Geólogo Júnior e Químico de Petróleo Júnior.
  • Médio - Técnico de Segurança Interna Júnior; Técnico de Administração e Controle Júnior; Técnico de Contabilidade Júnior, Técnico de Informática Júnior; Técnico de Telecomunicações Júnior; Técnico de Comercialização e Logística Júnior; Técnico de Exploração de Petróleo Júnior - Geodésica; Técnico de Exploração de Petróleo Júnior - Geologia; Técnico de Inspeção de Equipamentos e Instalações Júnior; Técnico de Logística de Transporte Júnior - Controle; Técnico de Manutenção Júnior - Caldeiraria; Técnico de Manutenção Júnior - Elétrica; Técnico de Manutenção Júnior - Eletrônica; Técnico de Manutenção Júnior - Instrumentação; Técnico de Manutenção Júnior - Mecânica; Técnico de Operação Júnior; Técnico de Projetos, Construção e Montagem Júnior - Elétrica; Técnico de Projetos, Construção e Montagem Júnior - Estruturas Navais; Técnico de Projeto Construção e Montagem Júnior - Mecânica; Técnico de Segurança Júnior; Técnico de Suprimento Bens e Serviços Júnior - Administração; Técnico de Suprimento Bens e Serviços Júnior - Elétrica; Técnico de Suprimento Bens e Serviços Júnior - Mecânica e Técnico Químico de Petróleo Júnior.
Vagas para Deficientes
  • Polo Nacional: Advogado Júnior (1); Analista de Sistemas Júnior - Engenharia de Software (1); Analista de Sistemas Júnior - Infraestrutura (1); Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócio (1); Contador Júnior (1); Engenheiro de Produção Júnior (1);
  • Polo Rio de Janeiro: Técnico de Comercialização e Logística Júnior (1); Técnico de Suprimento de Bens e Serviços Júnior - Administração (1);
  • Polo Macaé: Técnico de Suprimento de Bens e Serviços Júnior - Administração (1);
  • Polo Bahia: Técnico de Contabilidade Júnior (2);
O resultado final do processo seletivo público será homologado, publicado no Diário Oficial da União (DOU) e divulgado nos endereços eletrônicos da organizadora e Petrobras. Já o prazo de validade da seleção será de seis meses, a contar da data de publicação do Edital de homologação dos resultados finais e poderá vir a ser prorrogado, uma única vez, por igual período.
Autor: in.gov.br

12 de jul de 2011

VAGAS DE EMPREGO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Mais de 100 vagas

Wal Mart é condenado a reintegrar empregado com esquizofrenia.

A empresa WMS Supermercados do Brasil Ltda, dona do Wal Mart, terá de reintegrar ao emprego um ex-funcionário, portador de esquizofrenia, demitido sem justa causa logo após ter ficado afastado do trabalho, pelo INSS, para tratamento médico. A decisão, que considerou a dispensa arbitrária e discriminatória, prevaleceu em todas as instâncias judiciais trabalhistas. Na Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho vigorou, dentre outros fundamentos, o entendimento de que o exercício de uma atividade laboral é aspecto relevante no tratamento do paciente portador de doença grave.
O trabalhador foi admitido em outubro de 2006 e demitido em julho do ano seguinte, sem justa causa. Ele trabalhava na padaria e ficou afastado do trabalho por um mês, por conta de um surto psicótico, que o manteve internado em instituição psiquiátrica para tratamento de desintoxicação. Após retornar ao trabalho, foi demitido. Os laudos médicos juntados aos autos apontam que ele sofria de esquizofrenia, com histórico de transtorno bipolar.
Na ação judicial, ele pediu reintegração ao emprego e pagamento de salários referentes ao tempo de afastamento. A empresa, em contestação, alegou que o empregado foi considerado apto no exame demissional e que não apresentava sintomas de enfermidade. Negou que a dispensa foi motivada pela doença.
A Vara do Trabalho de Pelotas (RS) julgou favoravelmente ao empregado. “Considero ilegal o ato da empresa de despedir o trabalhador simplesmente após ter ciência de que esse possui enfermidade ligada ao uso de drogas”, registrou a sentença. O juiz, ao determinar a reintegração do empregado, destacou que “o Wal Mart, uma das maiores redes de supermercados do Brasil, tem responsabilidade social a cumprir e deve observar a função social dos contratos de trabalho que firma, não devendo se despojar daqueles trabalhadores/colaboradores que apresentem algum problema de saúde no curso do contrato de trabalho, ainda que dele não decorrente. Ou seja, a colaboração, como modernamente denominado pelas empresas, deve ser uma via de mão dupla”.
Insatisfeita com a decisão, a empresa recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), mas não obteve sucesso. “Ainda que o Direito do Trabalho autorize a denúncia vazia do contrato de trabalho, ao exclusivo arbítrio do empregador (com algumas exceções), o Poder Judiciário não pode ficar inerte diante da situação do empregado. Não se pode negar a condição especial em que o autor se encontra em razão de seu estado de saúde. A condição de portador de esquizofrenia conduz a uma limitação ao direito potestativo do empregador de rescindir o contrato de trabalho sem justa causa”, destacou o colegiado regional.
O recurso de revista junto ao TST também não logrou êxito. A relatora do acórdão na Terceira Turma, ministra Rosa Maria Weber Candiota da Rosa, ao manter a condenação, registrou em seu voto que a dispensa do empregado, efetuada pouco tempo depois de um período de licença médica para tratamento de desintoxicação de substâncias psicoativas, é presumidamente discriminatória, embora, no momento da dispensa, não fossem evidentes os sintomas da enfermidade. Para a ministra, a empresa não demonstrou os motivos da despedida, a fim de desconstituir tal presunção.
Legislação contra discriminação
A ministra Rosa salientou que o exercício do direito do empregador de demitir sem motivo o empregado é limitado pelo princípio da proteção da relação de emprego contra despedida arbitrária. Esse princípio, segundo ela, está expresso no artigo 7º, inciso I, da Constituição Federal, que, embora ainda não regulamentado, é dotado de eficácia normativa pelo princípio da função social da propriedade, conforme o artigo 170, inciso III. Da mesma forma, o artigo 196 consagra a saúde como “direito de todos e dever do Estado”, impondo a adoção de políticas sociais que visem à redução de agravos ao doente.
Ao fundamentar seu voto, a ministra destacou, ainda, que, aos padrões tradicionais de discriminação, como os baseados no sexo, na raça ou na religião - práticas ainda disseminadas apesar de há muito conhecidas e combatidas -, vieram a se somar novas formas de discriminação, fruto das profundas transformações das relações sociais ocorridas nos últimos anos. Nesse contexto, sofrem discriminação, também, os portadores de determinadas moléstias, dependentes químicos, homossexuais e, até mesmo, indivíduos que adotam estilos de vida considerados pouco saudáveis. “Essas formas de tratamento diferenciado começam a ser identificadas à medida que se alastram, e representam desafios emergentes a demandar esforços com vistas à sua contenção”.
De acordo com Rosa Maria Weber, ao adotar a Convenção 111 da OIT, que trata da discriminação em matéria de emprego e ocupação (aprovada em 24/11/1964 pelo Decreto Legislativo 104/64, ratificada em 1695 e promulgada pelo Decreto 62.150/1968), o Estado Brasileiro se comprometeu perante a comunidade internacional a “formular e aplicar uma política nacional que tenha por fim promover, por métodos adequados às circunstâncias e aos usos nacionais, a igualdade de oportunidades e de tratamento em matéria de emprego e profissão, com o objetivo de eliminar toda discriminação nessa matéria” (artigo 2º).
Também a Convenção 117 da OIT, sobre os objetivos e normas básicas da política social, ratificada pelo Brasil em 1969 e promulgada pelo Decreto 66.496/70, estabelece, no artigo 14, que os Estados Membros devem construir uma política social que tenha por finalidade a supressão de todas as formas de discriminação, especialmente em matéria de legislação e contratos de trabalho e admissão a empregos públicos ou privados e condições de contratação e de trabalho.
Mais recentemente, a Declaração da OIT sobre os Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, de 1998, ao reconhecer a necessidade de se respeitar, promover e aplicar um patamar mínimo de princípios e direitos nas relações de trabalho, que são fundamentais para os trabalhadores, novamente entroniza o princípio da não-discriminação em matéria de emprego ou ocupação, reafirmando, assim, o compromisso e a disposição das nações participantes dessa organização.
Ao manter a reintegração, a ministra destacou, ainda, que “a dispensa discriminatória, na linha da decisão regional, caracteriza abuso de direito, à luz do artigo 187 do Código Civil, a teor do qual o exercício do direito potestativo à denúncia vazia do contrato de trabalho, como o de qualquer outro direito, não pode exceder os limites impostos pelo seu fim econômico ou social, pela boa-fé ou pelos bons costumes”. A decisão foi unânime.
Processo: RR - 105500-32.2008.5.04.0101
Revista Jus Vigilantibus, Terça-feira, 12 de julho de 2011

Dica do meu amigo Jorge Marcio Andrade no FaceBook

São José dos Campos cria convênio com o Hospital Próvisão para atender alunos com deficiência visual.

7/2011: São José cria convênio com o Próvisão para atender alunos
fonte: Site o Vale.

Projeto foi aprovado por unanimidade pela Câmara e aguarda sanção do prefeito; 46 vagas serão abertas

Deficientes visuais da rede municipal de ensino de São José dos Campos terão atendimento especializado a partir de agosto, por meio de convênio firmado entre a Secretaria de Educação e o Hospital Próvisão.
O projeto de lei da prefeitura foi aprovado por unanimidade pela Câmara, e aguarda a sanção do prefeito Eduardo Cury (PSDB). O convênio vai disponibilizar 46 vagas para todos os alunos da rede municipal.
Segundo Célia Raposo, coordenadora de educação especial da Secretaria de Educação, o convênio foi firmado por um período de dois anos, mas poderá ser ampliado. "Já existe uma parceria informal, mas esta vai ampliar e melhorar o atendimento para mais alunos".
Segundo Célia, atualmente 10 alunos são atendidos pela parceria. "Mas todo ano entram pessoas novas, por isso vimos essa necessidade."
Por meio do convênio, o deficiente visual irá participar de oficinas, alfabetização em braille, além de ter todo o acompanhamento necessário. Profissionais do Próvisão também farão visitas às escolas e irão orientar os professores.
Critérios.
Para ser atendido, é necessário estar matriculado na rede municipal de ensino, na educação infantil, ensino fundamental ou no EJA (Educação de Jovens e Adultos).
O estudante passará por uma avaliação pedagógica e clínica. Dependendo do resultado, ele começa a ser inserido nos atendimentos específicos.
Para o secretário de Educação Alberto Alves Marques Filho, a iniciativa visa melhorar o apoio da aprendizagem aos alunos com necessidades especiais. "Há vários projetos semelhantes, e o último deles foi a implantação da escola bilíngue Professora Maria Aparecida dos Santos Ronconi".

Informação recebida por e-mail de: informatica@hospitalprovisao.org.br

7 de jul de 2011

FÉRIAS DO BASQUETE "SAUDADE"

Nosso time de basquete em cadeira de rodas esta de férias apartir de hoje mais é só uma semana sem treino e dia 19 estamos de volta a quadra até porque estamos no meio do campeonato paulista e evoluindo a cada jogo.
Esta é a primeira vez que participamos de um campeonato e o paulista tem uns times muito bons que dão muito trabalho em quadra.
Temos o pé no chão e sabemos de todas as dificuldades que um time de iniciantes enfrenta no torneio além de outras questões que nos fazem voltar as nossas atenções a evolução que nosso time vem sofrendo desde o início do torneio.
Bom, agora me resta esperar o retorno dos nossos treinos para matar a saudade que já esta me dando, rsrsrs, Paixão é paixão.

4 de jul de 2011

Dono de camping diz que vai tornar acessível em Ubatuba.

No último sábado (02/07/11) peguei o carro e fui com a Gorete (minha mulher) para Ubatuba, o tempo não estava pra praia mais quem precisa de sol pra passar o dia comendo um peixinho na beira da praia ?
Foi muito legal, nosso amigo Bruno nos levou para conhecermos uma praia muito linda, Ubatumirim, ficamos em uma pousada a 50 metros da praia e no domingo fomos para o Camping/Bar do Chacrinha; Chacrinha é um cara com um astral muito legal, conversei muito com ele e aparentemente consegui convence-lo de preparar o Camping para receber outros cadeirantes como eu, na verdade ele não tem acessibilidade nenhuma mais nos recebeu tão bem que eu nem fiz questão de entrar no banheiro dependendo da ajuda da minha mulher.
É claro que para acampar nem dá mais se o Chacrinha fizer realmente as modificações necessárias para atender cadeirantes aquela praia pode virar um point dos "malacabados" e eu to dentro.
Valeu pela dica Brunão !!!



1 de jul de 2011

TUDO É SUPORTAVÉL QUANDO SABEMOS QUE PODEMOS TIRAR A VENDA OU LEVANTAR DA CADEIRA

REPORTER DA TV VANGUARDA (GLOBO) JONAS ALMEIDA PASSA ALGUNS MOMENTOS DE CEGO JUNTO COM O NOSSO AMIGO LENNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS.

Meu dia de cego

Passei um dia de cego, com vendas nos olhos, pra sentir o que essas pessoas passam todos os dias... Óbvio que é desesperador!!! Tomei 2 ônibus com a venda e andei muito a pé. A 1ª coisa que fiz quando soube que teria que me virar sem enxergar foi concentrar na audição e, Jesus toma conta, é uma zona sonora!!!! Uma poluição de buzina, motores de carros, motos, vozes (quis assassinar uma meia dúzia), passarinhos, barulhos de construção, músicas (em geral na rua o doce pagode ou o tenro sertanejo) etc etc etc... Os carros, ônibus e motos, de verdade, parecem passar todos a 30 centímetros de você!! Perdia totalmente a referência de qualquer coisa! A vontade é de sentar no chão e não se mexer. E olha que eu tava com um cego me ajudando (grande Julio, o John Lennon) e com meu cinegrafista sempre mandando "relaxa, Jonas, to aqui..."!!
NADA é pensado nas ruas pros deficientes visuais!! Não há semáforos sonoros, as calçadas são toscas, há caixas de correio, suportes de lixo e orelhões quase encostados às casas e muros, quando deveriam estar mais próximos da rua... Chapei a testa num orelhão - que foi exclusivamente desenhado pra €£¥#% um cego: o orelhão te soca a cara antes da sua bengala (no caso de vc ser um cego) encostar no suporte debaixo dele.

E as pessoas... Tudo o que eu queria é que falassem comigo!! Me avisassem de alguma coisa próxima, oferecessem ajuda... As pessoas sempre atendiam quando eu pedia, mas só quando eu pedia!! Aqui vai uma observação a você amigo transeunte de visão sadia: os cegos não enxergam. Pois é. Eles não adivinham que você tá ali ao lado cheio de boa vontade, você tem que se oferecer, tem que FALAR!!! Se todos fizessem tão somente isso, a vida dos cegos seria bem melhor...
Outra coisa: ao ajudar um cego, apenas dê se braço ou cotovelo ou ombro a ele e conduza-o. Não empurre-o ou puxe-o para a direção desejada. Acredite, ele já tem problemas o suficiente.
Mais uma: os cegos não são surdos. Pode falar em volume normal com eles. Tinha gente que me reconhecia e vinha meio gritando "Jonaaaas! E aíííí, tá difíícil a matériaaaa?!?!" É, com você berrando tá um pouco mais.
A maioria dos cegos com quem eu conversei, não nasceu cego e demoraram às vezes anos pra sair na rua quando se tornaram. Muitos nunca mais saíram de casa.
Apesar da sensação constante de labirintite, foi um dia sensacional... Que me fez pensar muito sobre como nada é feito pra pessoas com deficiências em geral e como realmente só o que importa na vida são as pessoas. 

Veja estas postagens.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...