11 de mar de 2011

Curso gratuito para dentistas aprenderem a atender pessoas com deficiência.



SJC: Dentistas recebem treinamento para atenderem deficientes
Unesp oferece curso de especialização para profissionais da área
Ir ao dentista pode parecer uma tarefa simples, mas para quem sofre com algum tipo de deficiência cuidar da saúde dos dentes pode ser complicado, principalmente por falta de preparo dos profissionais. Por isso, um curso gratuito voltado para a especialização de dentistas será realizado em São José dos Campos.

Credito: Reprodução / Rede Vanguarda
Flávia (esq) é uma das beneficiadas pelo programa de saúde bucal
Flávia sempre teve cuidado com os dentes. A mãe a levava em dentista particular, mas desde 2010 a advogada passou a ter atendimento gratuito na Unesp. Há toda uma equipe e equipamentos preparados para dar atenção aos portadores de deficiência. “É muito difícil encontrar um dentista que saiba trabalhar com pessoas com deficiência, porque tem um mito de que o deficiente é difícil, é complicado e muitas vezes as pessoas fazem confusão com deficiência física e deficiência mental”, relata a mãe Maria do Carmo da Silva.

“Cada tipo de deficiência demanda certos tipos de cuidado que a nós precisamos trazer ao paciente. Para um paciente que tem um comprometimento físico, temos os posicionadores e os adaptadores na cadeira. Para o deficiente auditivo, nós temos o auxílio de uma fonoaudióloga, que tem uma prancheta de comunicação”, explica a dentista Camila Hardt.

Ela lamenta a falta de profissionais capacitados no mercado. “É uma especialidade nova que foi reconhecida pelo CRO (Conselho Regional de Odontologia) em 2002. Então nós temos uma demanda pequena desses profissionais no mercado e é preciso sim se capacitar e aperfeiçoar o atendimento para as pessoas especiais”, completa Camila

Para ajudar a mudar essa realidade, a Universidade do Estado de São Paulo está com inscrições abertas para o curso de especialização. Os dentistas vão aprender a trabalhar com os portadores com qualquer tipo de deficiência e com isso oferecer mais qualidade de vida aos pacientes. “Hoje nós temos aqui em São José a oportunidade de capacitar profissionais de todo o estado de São Paulo, preferencialmente os que estejam vinculados às prefeituras, ONGs (Organizações Não Governamentais) e universidades, porque nosso objetivo é que esses profissionais consigam atender gratuitamente esses pacientes”, informou a fisioterapeuta Carla Paes. A fisioterapeuta diz ainda que é importante que as pessoas com deficiência também se inscrevam.

Saiba mais

O programa de saúde bucal tem dois profissionais preparados para atender as pessoas com deficiência. Segundo a coordenadora, são feitos 45 atendimentos por semana e a espera por uma consulta chega a um mês e meio. A demanda é grande porque pacientes de 14 municípios são levados para participarem do programa.

Em São José dos Campos a porta de entrada para o atendimento odontológico são as unidades básicas de saúde. De lá, os pacientes podem ser encaminhados para os ambulatórios ou o hospital municipal, dependendo do caso.

Os dentistas interessados em fazer o curso da Unesp podem se inscrever até o dia 20 de março pelo sita da instituição. Os portadores de deficiência que quiserem participar do atendimento também podem fazer a inscrição também pela internet, no mesmo site, ou então na secretaria universidade, que fica na Avenida Engenheiro Francisco José Longo, 777, no Jardim São Dimas.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone             (12) 3947-9086 begin_of_the_skype_highlighting            (12) 3947-9086      end_of_the_skype_highlighting

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar esta postagem.

Veja estas postagens.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...